Produtores de Ji-Paraná receberão 1250 toneladas de calcário

São 1.250 toneladas de calcário para os produtores do município

0 4

O Prefeito de Ji-Paraná, Marcito Pinto (PDT), recebeu no início da tarde de hoje (18), o governador de Rondônia, Coronel Marcos Rocha (PSL), no gabinete do Palácio Urupá. A visita teve o objetivo de realizar a entrega de calcário para o município de Ji-Paraná.

São 1.250 toneladas de calcário para os produtores do município. O Governo do Estado busca na Usina e entrega na cidade. A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, faz a distribuição para as associações rurais e pequenos produtores.

A entrega do calcário para o município de Ji-Paraná faz parte de um programa estadual “Mais Calcário”, que visa atender os 52 municípios de Rondônia.

A proposta do Governo do Estado é de aumentar a receita dos produtores que exploram atividades como: chacareiros, pecuária leiteira, piscicultura, agroindústrias, revitalização da cafeicultura, hortifrutigranjeiros entre outras atividades no campo.

Para o governador Coronel Marcos Rocha, o calcário é importante na recuperação do solo e no resultado final da produção, por isso o programa estadual pode fazer muita diferença para produção agrícola no estado.

“Esse incentivo é muito importante para a agricultura, porque irá contribuir para melhoria da qualidade do solo dos agricultores familiares do município e na aquisição de maior produtividade em suas terras”, salientou o governador.

O Prefeito Marcito Pinto,  enfatizou que a Secretaria Municipal de Agricultura tem tido uma atenção especial quanto ao apoio aos produtores rurais, inclusive com um programa municipal voltado à correção do solo das propriedades com a utilização do calcário. “A intenção é potencializar a produtividade da propriedade rural em diversas atividades como agricultura, pecuária e piscicultura”, disse o prefeito.

Calcário para o campo – A Prefeitura de Ji-Paraná conta com o Programa Municipal de incentivo “Calcário para o campo”. O programa prevê ainda o transporte do calcário sem custo para o produtor. Cada um tem o direito de adquirir cinco toneladas do material. A concessão do incentivo é condicionada a necessidade de correção verificada através de análise do solo.

“A prioridade é atender os produtores que estiverem ligados as associações e cooperativas e que se enquadrem no regime da agricultura familiar”, finalizou o secretário municipal de agricultura, Reinaldo Pereira.

Fonte: Decom – PMJP

Loading...