Bailarinas da Fundação Cultural participam do setembro amarelo em Ji-Paraná

Esta ação faz parte da Campanha Setembro Amarelo

0 19

“Lute e Viva: não deixe de viver por uma coisa que não vale pela sua vida. Sua Vida pede pra você viver”, anônimo. Mensagens como esta foram escritas pelas bailarinas do Ballet Passo a Passo da Fundação Cultural, guardadas em envelopes amarelos e encaminhadas para distribuição no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) e Centro de Referência Psicossocial (CRAS) da Prefeitura de Ji-Paraná.

Esta ação faz parte da Campanha Setembro Amarelo, que combate o suicídio e valoriza a vida. O CRAS e CPS atendem pessoas que enfrentam depressão, uma das principais doenças que podem levar ao suicídio. Foram mais de 400 cartinhas entregues este ano.

As mensagens de fé foram confeccionadas em sala de aula com o apoio das professoras de Ballet da Prefeitura de Ji-Paraná. As cartas não são novidades para as bailarinas que repetem a ação realizada em 2018 com o mesmo objetivo. “Nossa intenção é amenizar os efeitos da depressão na vida das pessoas, e colaborar estimulando a vida”, comentou uma das bailarinas.

A presidente da Fundação Cultural, Keila Barbosa, afirmou que a cultura pode ser uma ferramenta de ruptura no paradigma de não falar sobre o assunto. “Precisamos falar mais, identificar nos gestos, atitudes e na fala das pessoas que precisam de ajuda. A prevenção ao suicídio é papel de todos. Uma simples carta pode significar um sim à vida”, disse Keila.

As cartas foram entregues pela presidente da Fundação Cultural, Keila Barbosa, a Secretária Municipal de Assistência Social, Sônia Reigota esta semana. As mensagens já chegaram aos destinatários, às pessoas atendidas nos CRAS e CAPS.

“As bailarinas envolvidas saem mais fortalecidas deste movimento, pois discutem um problema social que cada vez mais atinge os jovens e realizam uma ação de cidadania”, ressaltou Keila.

Atualmente 600 crianças na faixa etária de cinco a 17 anos são atendidas no Ballet Passo a Passo, gratuitamente pela Prefeitura de Ji-Paraná.

Fonte: Decom – PMJP

Loading...