A terceira edição do Rondon Rock Festival reuniu mais de 200 músicos em Ji-Paraná

11 bandas foram selecionadas pela relevância e história no cenário musical estadual

0 8

Mais de 30 horas de rock da melhor qualidade reuniu um público de todas as idades na Praça do Teatro Dominguinhos em Ji-Paraná, no último final de semana. A III edição do Rondon Rock Festival apresentou homenagens a bandas imortalizadas pelo som, letra e estilo, além de apresentar músicas autorais de mais de 30 bandas de quatro estados. “Essa edição entrou para a história”, afirmou a presidente da Fundação Cultural, Keila Barbosa.

A equipe da Fundação Cultural contou com o reforço de 50 profissionais na produção e equipe de palco, garantindo o sucesso do festival. Bandas de Rondônia, Acre, Mato Grosso e São Paulo apresentaram o melhor do rock.

“A participação popular foi excelente”, avaliou Keila que agradeceu aos parceiros e aos participantes. Crianças, jovens e adultos formaram o público que acompanhou cada apresentação nos três dias de festival.

Com o objetivo de fomentar o rock e valorizar as bandas locais o III Rondon Rock Festival relembrou sucessos inesquecíveis, trouxe letras de reflexão e momentos que retratam a atualidade política. O rock contestador e letras originais encontraram no palco do festival um espaço democrático de exposição e intercâmbio com o público.

A III edição do Rondon Rock Festival também teve espaço para homenagens. 11 bandas foram selecionadas pela relevância e história no cenário musical estadual e produtores foram laureados (Nitro, Old School, Versalle, Os Últimos, The Nephilis, Quiloblocada, além do produtor e músico João Nettu, Elaine produtora do Rock In jipa, Faro Fino, Pink Banda Strikinina, Obedes – Banda Fragmento e Marcos Biesek). Todos foram homenageados no palco do festival. “Esse trabalho continua, e agora é planejar a próxima edição”, disse a presidente da Fundação Cultural.

O evento promovido pela Fundação Cultural é considerado o maior do gênero em Rondônia, e reuniu pessoas de todo o Estado. Nas redes sociais os comentários são positivos, incluindo pedidos para a realização de eventos semelhantes com maior frequência. “Essa aprovação indica que estamos no caminho certo, cumprindo o que determinou o prefeito Marcito Pinto. Levar a cultura para todos os públicos”, finalizou Keila Barbosa.

O fortalecimento do rock estadual e regional contou com o apoio da Prefeitura de Ji-Paraná, Eucatur, RedeTV, São Lucas Educacional, Economy Máster Hotel, Vila Sertaneja, Rádio Massa e Duart Som. Keila Barbosa ainda destacou a produção independente, Marcelino Silva, Pablo Martins, Elaine Santos, Mona Louise e Caiqui Brilhante integrantes do núcleo central de sistematização das ações do festival. “Agradecemos toda a mídia, corpo de bombeiros, PM, AMT, Semosp, Semeia e Polícia Ambiental”, finalizou a presidente.

Fonte: Decom – PMJP

Loading...