Painel comemorativo divulga fotografias de Ji-Paraná Próspera

32 fotografias foram escolhidas por uma comissão

0 5

Quem passa pela marginal da Br-364, próximo ao Ginásio Gerivaldão em Ji-Paraná pode conhecer os trabalhos de nove fotógrafos o municípios que foram selecionados para ter fotos expostas no Painel comemorativo ao aniversário de 42 anos da cidade.

32 fotografias foram escolhidas por uma comissão formada por três membros de atuação ou formação na área de artes visuais. Foram selecionados os fotógrafos Bruna Carla Scheidegger, Caique Brilhante, Gustavo Moreira, Henrique Augusto Dias Betonte, Igor Kraemer, Lilian Fertonani, Luíza Farias, Pedro Farias e Wallas Diniz. Eles tiveram a inspiração no tema “Ji-Paraná cidade próspera”.

Além da exposição das fotos no painel, os trabalhos serão divulgados durante um ano em mostras fotográficas itinerante, organizada pela Fundação Cultural em espaços educacionais e culturais da cidade e outros municípios.

Cada fotógrafo amador ou profissional que se inscreveu no chamamento público, podia enviar até três fotografias que retrata o município.

            Uma das fotógrafas selecionadas foi Lilian Fertonani. Ela enviou a foto da ponte sobre o Rio Machado e as pedras que despontam na época da estiagem. Uma cena característica para quem vive ou passa pela cidade, localizada no coração de Rondônia.

“Foi uma emoção muito grande. Eu até chorei quando fiquei sabendo que tinha sido selecionada. O que mais me chamou a atenção é que estou morando aqui em Ji-Paraná há dois anos e participar desta mostra irá divulgar bastante o meu trabalho como fotógrafa”, contou.

A fotógrafo ressaltou ainda que Ji-Paraná é encantadora e tem dado boas oportunidades para a família dela. “Estou encantada com esta cidade tão nova e cheia de oportunidades. Nossa família já conseguiu comprar uma casa própria e temos muitas conquistas neste pouco tempo por aqui. Nós morávamos em Cuiabá que tem 300 anos e aqui com apenas 42 anos, encontramos mais prosperidade. Sou cuiabana com orgulho e jiparanaense de coração”, disse sorridente.

A intenção da Fundação Cultural é ampliar a divulgação dos trabalhos dos artistas de Ji-Paraná. “Temos que valorizar os diversos setores. Nesta Mostra, queremos prestigiar os fotógrafos do nosso município, sejam eles profissionais ou amadores. Cada um deles tem uma visão singular. Sendo assim, temos a mesma cidade vista com olhares diferentes. Cada um pensa e sente Ji-Paraná de uma forma. Queremos ampliar ainda mais esta mostra”, finalizou a presidente da Fundação Cultural, Keila Barbosa.

Fonte: Decom – PMJP
Loading...