BRASÍLIA: Sebrae em Rondônia mobiliza bancada federal contra corte de recursos

Diretor Superintendente reuniu-se com parlamentares buscando sensibilização

0 4

Diretor Superintendente reuniu-se com parlamentares buscando sensibilização

Esta semana foi marcada em Brasília pela visita aos gabinetes da bancada federal de Rondônia em torno da polêmica Medida Provisória 907, que prevê, entre outras coisas, a criação da Embratur como agência de promoção internacional, porém, utilizando recursos do Sebrae para sua operacionalização.

Daniel Pereira, diretor superintendente do Sebrae em Rondônia, ponderou com os parlamentares e lideranças políticas que o Sebrae não é contra a criação da Embratur, muito ao contrário, uma vez que o Sebrae há décadas tem apoiado o turismo, especialmente na atuação de pequenos negócios que operam a atividade como hotéis, restaurantes, guias, transportes, agências de viagens etc.. “Acreditamos que existem outras soluções para que a agência seja viabilizada. Se retirarmos recursos do Sebrae, os pequenos negócios serão impactados diretamente de maneira negativa. O Sebrae continuará apoiando o Turismo por meio de orientações, capacitações, consultorias, nas discussões sobre políticas públicas e até mesmo na estruturação e destinos, apoiando a governança e fortalecendo a cadeia produtiva dessa indústria que tantos benefícios gera para o país”, disse Daniel.

Em sua agenda em Brasília, o Diretor conseguiu reunir-se com quase toda bancada e retorna a Rondônia otimista. Além do Deputado Lucio Mosquini, com quem Daniel se reuniu ainda em Porto Velho, as visitas foram feitas aos gabinetes dos senadores Acir Gurgacz, Confúcio Moura e Marcos Rogério e as reuniões com os deputados Léo Morais, Mauro Nazif e Silvia Cristina foram bem produtivas. Os parlamentares estão sensíveis à questão pois sabem que na ponta, os pequenos empreendedores precisam continuar contando com o apoio do Sebrae. Com esse apoio os pequenos negócios conseguem alcançar competitividade e gerar mais qualidade de vida, renda e desenvolvimento econômico para Rondônia. Daniel também manteve contato com as assessorias dos Deputados Expedito Netto, Jaqueline Cassol e Mariana Carvalho.

Considerando o predomínio dos pequenos negócios na economia nacional e a força do Sebrae no apoio e desenvolvimento dos empreendedores nos mais diversos segmentos, a edição desta MP causa estranheza. Retirar os recursos do Sebrae para a criação da Embratur que promoverá o turismo no exterior, significa retirar dinheiro do artesanato, da gastronomia, dos meios de hospedagens, dos produtores rurais, das startups, do trade turístico, da inovação, do comércio, dos bares e restaurantes e também dos prestadores de serviços e das pequenas indústrias.

Certamente, as decisões que serão tomadas devem focar no melhor para o país e, especialmente que continuem gerando riquezas e oportunidades. Uma coisa não pode eliminar a outra e uma solução que atenda ambas as necessidades existe e deve ser colocada em prática, mostrando a força do empreendedor brasileiro.

Quer saber mais sobre a atuação do Sebrae? Acesse sebrae.ro ou ligue gratuitamente para 0800 570 0800. Você também pode interagir com o Sebrae pelo WhatsApp, (69) 98130-5656, InstagramFacebookTwitterLinkedIn e YouTube nos canais Sebrae/RO.

Fonte: Assessoria – Sebrae/RO

Loading...