Conselheiros Tutelares de Ji-Paraná tomam posse dia 10

os conselheiros passaram por um curso de capacitação

0 6

O Prefeito Municipal, Marcito Pinto (PDT), empossará os dez conselheiros tutelares que irão atuar em Ji-Paraná a partir deste ano de 2020. A posse será realizada no próximo dia 10 de janeiro, às 09:00 horas, no auditório da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas). Eleitos no pleito eleitoral realizado em outubro do ano passado, os conselheiros exercerão o mandato por quatro anos.

Foram eleitos cinco conselheiros para atuarem no primeiro distrito e cinco para o segundo distrito. No primeiro distrito irão trabalhar os conselheiros: Márcio Lima dos Santos, Janethe de Almeida Santos, Leandra de Souza Brito, Lucileny Moura Costa e Kátia Cilene Pereira Nascimento. O segundo distrito terá como conselheiros: Carla Maria de Oliveira Goes, Fernanda Fontes Vidal, Aldenor Tavares de Lima, Marluce Messias Correa e Josiani Fernandis Martins.

Desde a eleição, os conselheiros passaram por um curso de capacitação com oito módulos abordando os temas: Marcos regulatórios da Proteção integral à Infância, juventude e o ECA; Sistema de Garantias dos Direitos da Criança e Adolescência, Políticas Públicas e a Proteção para infância e Juventude, Desafios para intervenção disciplinar e inter social dos Conselhos Tutelares, Rotinas e Intervenções, Governo e Rede de Proteção.

A Secretária de Assistência Social, Sônia Reigota, explicou que toda a capacitação desenvolvida junto aos conselheiros foi direcionada e acompanhada pelo Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e Adolescentes e pelos órgãos da rede de proteção do município, pela Vara da infância e Juventude e também pelo Ministério Público, como forma de inserir os novos conselheiros ao ambiente em que eles irão atuar, visando oferecer condições e conhecimento que facilitem e colaborem com o trabalho que será desempenhado pelos eleitos a partir deste ano.

Ao término da primeira etapa da capacitação,  todos os conselheiros receberam uma cartilha, elaborada pelo Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e Adolescentes (CMDCA, que irá funcionar como um manual com todas as instruções, normas e procedimentos básicos, visando orientar o trabalho dos conselheiros junto a rede de proteção dos direitos das crianças e adolescentes.

Fonte: Decom – PMJP

Loading...