O jogador de 22 anos foi um dos destaques do Macaé Basquete, novo integrante do NBB (Gaspar Nóbrega/Inovafoto)

A lista de convocados para a Seleção Brasileira de Novos foi formada com a grande maioria dos jogadores que atuam ou já atuaram no NBB, e são conhecidos no cenário nacional. Porém, um nome inesperado marcou presença e chamou a atenção na relação dos atletas selecionados: João Phylippe Belmiro Bernardi, do Macaé Basquete, recém-chegado ao maior campeonato do país.

“Sinceramente eu não esperava ser convocado. Foi uma surpresa muito grande, e com certeza muito agradável. Todo atleta sonha em estar na seleção, e comigo não é diferente. Estou tentando aproveitar ao máximo essa oportunidade. Tudo isso está sendo um incentivo muito grande para mim”, afirmou João Phylippe.

Nascido em Ji-Paraná, em Rondônia, o jogador de 22 anos começou a aparecer no basquete do Rio Grande do Sul, onde se destacou e começou a integrar as seleções brasileiras de base. Após passagens por Rio Claro (SP), Paulistano (SP) e Regatas de Campinas (SP), João ficou dois anos em Jacareí (SP). Na equipe do Vale do Paraíba, o jogador teve boas atuações no Campeonato Paulista 2012/2013, somou média de 10,2 pontos por jogo e recebeu o convite para se transferir para o Macaé Basquete.

João mostrou que tem um futuro promissor no esporte da bola laranja (Gilvan de Souza/LNB)

Em terras cariocas, o atleta de 1,98m ajudou o esquadrão macaense a conseguir a vaga no NBB. No Triangular de Acesso para o NBB, João Phylippe foi um dos destaques da equipe e registrou média de 16,5 pontos nas duas partidas que disputou no torneio que levou Macaé para a principal competição de basquete do Brasil.

Mesmo com diversos clubes e seleções de base em seu currículo, a evolução de João só tem a aumentar. Agora, com a camisa verde-amarela no peito, o atleta de 22 anos continua crescendo e ganhando cada vez mais bagagem, mesmo que, segundo ele, lentamente.

“Sem dúvidas, ter feito parte desta Seleção vai ajudar muito na minha evolução. Os treinos foram muito puxados e aprendi muito, principalmente na parte técnica. Acho que estou evoluindo devagar, mas estou evoluindo”, declarou João.

Após a experiência de defender as cores do Brasil na Universíade 2013, em Kazan, na Rússia, João focará sua cabeça para o primeiro NBB de sua ainda curta carreira. Com a camisa do também estreante Macaé Basquete, o jovem jogador terá a chance de mostrar seu talento para todo o Brasil na sexta edição da competição nacional.

“Quero aproveitar ao máximo isso aqui para levar comigo para o NBB. Será o meu primeiro, por isso quero ter um bom desempenho e aparecer da melhor forma possível”, concluiu o jogador.