Notícias

25/06/2018 12:47

Nesta quarta-feira 26, o Brasil joga com a Sérvia pela Copa do Mundo da Rússia

Na quarta-feira, o Brasil joga com a Sérvia, cujo time reúne profissionais que atuam na Rússia, na Alemanha, na Bélgica, na Inglaterra, em Portugal e na Grécia. A Sérvia ganhou da Costa Rica e, embora tenha sido derrotada pela Suíça, possui craques de primeira linha; agora, nossa Seleção vai enfrentar essa ilustre equipe.

A Sérvia vem de um passado de lutas, com um histórico de muito sacrifício para o povo desde seus primórdios, ainda sob a tutela do Império Romano. Os conflitos mais recentes, que terminaram em 1995 com a entrada das forças da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), deixaram marcas de destruição – e os prédios não foram restaurados para que sirvam de referencial inolvidável às grandes dificuldades enfrentadas pelos seus mais de dois milhões de habitantes. Atualmente, são pontos turísticos e considerados memórias de um tempo ruim.

Somente nos últimos anos é que os brasileiros que visitam o Leste Europeu estão se aproximando do turismo na Sérvia, e o que mais os atrai são os preços baixos da gastronomia e das bebidas naquele país. A cidade de Belgrado tem chamado a atenção de muitos turistas por ter uma vida noturna com atrações variadas, ótima culinária, atendimento diferenciado nos restaurantes e bebidas de sabor aprimorado. Os empreendimentos que atendem os visitantes têm apresentado crescimento significativo para a economia do país.

Depois de tantas crises, a Sérvia procura suas alternativas de negócio. De acordo com o Observatório Internacional do Sebrae, a Câmara de Comércio e Indústria da Sérvia é uma instituição independente, que oferece conhecimentos e competências conforme o interesse de seus membros e da economia. Seus esforços visam estabelecer a Sérvia como um país reconhecido pelo seu potencial de investimento e economia de mercado com capacidade para ser integrada de forma competitiva no contexto europeu. Para o Sebrae, a expansão e desenvolvimento do setor privado, em particular das pequenas e médias empresas (PME), representa uma oportunidade e uma necessidade para a economia sérvia. As PME desempenham importante papel: segundo dados do Observatório, cerca de 300 mil empresas do país eslavo são de pequeno e médio porte, correspondentes a 99% de seu total de empreendimentos, com quase 71% dos empregos formais.

Esses dados são importantes para que nós do Sebrae em Rondônia estabeleçamos diferenciais de orientação aos nossos empresários. A análise dos fatores críticos que influenciaram a economia da Sérvia pode nos oferecer novos critérios para o comportamento do empreendedor em tempos nos quais as expectativas dependem de vários cenários. De igual modo, nossa Seleção precisa encontrar opções que superem as expectativas da torcida brasileira para vencer a grande equipe da Sérvia.

Se você é empresário de pequenos negócios, procure informações acessando o site sebrae.ro. Conheça também a programação de eventos no município mais próximo de você em sebrae.ro/agenda ouenvie mensagem de texto para nosso WhatsApp com o número (69) 98130-5656. Se preferir, ligue gratuitamente para nossa Central de Atendimento no 0800 570 0800.

Fonte: Assessoria 


Banenr
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo