Notícias

07/04/2019 00:43

Prefeitura promove estudo com médicos e enfermeiros da Rede Básica

Médicos e enfermeiros do Programa Saúde da Família das Unidades Básicas de Saúde participaram nesta sexta-feira (5), de uma palestra sobre ultrassom gestacional, ministrada pelo médico especialista em clínica médica e ultrassonografia, Emílio Dorda.

O objetivo da capacitação foi atualizar informações sobre como a ultrassonografia deve colaborar com os profissionais no acompanhamento das gestantes nas Unidades Básicas de Saúde.

Segundo o médico Emílio Dorda, o ultrassom ajuda a identificar o rastreamento de má formação do bebê, a idade correta da gestação e a evolução da gravidez.

“A ultrassonografia é um instrumento de trabalho principal para que a gestante tenha um bom acompanhamento. É impossível fazer clínica médica e obstetrícia sem este suporte. Nós conversamos hoje sobre o diagnóstico da gravidez e a datação que se for feita de maneira correta, torna a gestação tranquila e bem planejada”, explicou o médico.

Para a médica especializada em ginecologia e obstetrícia, Adélia Pompeu, que atua na Rede Básica de Saúde de Ji-Paraná, a necessidade desta atualização junto aos profissionais do Programa Saúde da Família nasceu da reorganização da Atenção Primária.

“A Prefeitura de Ji-Paraná está implantando o Centro de Referência Ambulatorial Materno Infantil, o CREAMI, para atender crianças de até dois anos de idade com complicações e gestantes de alto risco. O Centro conta com uma equipe multiprofissional com obstetra, pediatra, psicólogo, nutricionista, assistente social, fisioterapeuta e enfermeiros. Por isso precisamos trabalhar em harmonia com as Unidades Básicas de Saúde”, destacou.

Para a enfermeira que acompanha o pré-natal na UBS Dom Bosco, Camile Ferronato, as unidades têm evoluído muito no atendimento às grávidas. Por isso, estudar é primordial.

“A ultrassonografia é fundamental não só para a confirmação do sexo do bebê, que é algo tão esperado para as mães. Existem vários benefícios como a garantia de que a gravidez está evoluindo bem. Tudo isso melhora ainda mais a qualidade do acompanhamento pré-natal. Sem contar que com as qualificações, a gente aumenta o nosso conhecimento, a interação com os nossos colegas e compartilha o conhecimento”, disse a enfermeira.

Também participaram da capacitação os acadêmicos de enfermagem da faculdade Unijipa e Centro Universitário São Lucas. 

Fonte: Decom - PMJP


Banenr
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo